A relação esfriou! Nos tornamos outras pessoas (…)

desencontro

Um dia esbarrei em você e o meu coração parou. Nossa! Como você era bonito (a), charmoso (a), inteligente, educado (…). Começamos a conversar e tudo encaixava. Que sintonia! Os dias se passaram e ficamos pela primeira vez. Que beijo! Que pele! Foi mágico! Meses se passaram e o sentimento que sentíamos um pelo outro só aumentava. Em alguns meses já morávamos juntos. Alguns anos depois oficializamos. Mais alguns anos, tivemos um filho.
Já viveu algo parecido? Tenho certeza que sim. É avassalador não é mesmo? Com certeza é um dos maiores presentes da vida encontrar a pessoa que te faz esquecer o mundo. Mas, um dia você percebe que há uma bifurcação bem diante de vocês. Um quer seguir pela direita, o outro decide seguir pela esquerda. No primeiro momento, a história e a família, vencem. Só que vez ou outra a bifurcação reaparece e balança a relação.
Ambos sabemos que não somos mais aquelas pessoas do passado, que somos diferentes. E mesmo tentando seguir juntos, os nossos corações têm ritmos diferentes. Nos desencontramos! Como isto pôde acontecer? O que fizemos de errado? E agora? Tenha serenidade para tomar a decisão de seguir o seu caminho. Nem sempre a mudança é traumática. Você pode se surpreender. Há um mundo inteiro te esperando. Se permita! Se houver tristeza, virá aprendizados, se houver tempestade, há de chegar o dia ensolarado, se houver brigas, tardará e chegará à calmaria.
Depois de algum tempo você estará diante de você mesma. Se aproprie de você. Escolha ser feliz! Caminhe! A vida é para ser saboreada!


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.