Posted on Deixe um comentário

Renda-se à renda!

Por Andréa Cordeiro

Publicitária, Especialista em Gestão Empresarial, Mestre em Mercado de Luxo, Consultora na área de Comunicação, empresária, mulher e mãe da Maria Beatriz.

20180214_162302.jpg

 

Não há como não lembrarmos da época de criança quando falamos sobre a renda. Naquela época, na década de 80, era muito comum as toalhas das mesas, as fronhas (barra), lençóis (barra), panos de prato (barra) e outros produtos de cama e mesa terem a renda para dar um toque especial. E, havia detalhes nas alças e decotes das blusas e vestidos e nas lingeries.

A renda é um tecido clássico, que resiste às tendências da moda e continua fazendo parte dos looks femininos. Ela faz parte do nosso guarda-roupa há séculos e é impossível esconder a alta carga fetichista da renda.

Hoje, ela é vista em peças inteiras. O sucesso das blusas, saias e vestidos de rendas nas coleções fez com que a renda garantisse o seu lugar de destaque.

A renda deixa o look muito mais feminino, romântico e com um toque de sensualidade. O tecido leve e com transparência, dá charme para qualquer produção. E, independentemente do estilo, a renda é a melhor opção para se destacar onde quer que esteja.

Durante o dia:   opte por rendas menores, assim fica mais discreto, principalmente se for para o trabalho. Use-as com detalhes  somente nas mangas das blusas e decotes.

Para a noite: invista na renda com a transparência. A sensualidade da mulher pode e deve, com bom senso, fazer parte do seu look.

Renda-se!

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.