Posted on Deixe um comentário

A arte de encantar audiências

PPT 2.jpg

Livro: Super apresentações: como vender ideias e conquistar audiências

Autores: Joni Galvão e Eduardo Adas (adaptado)

Como fazer uma apresentação surpreendente?

  1. Diagnóstico:

Para decidir o que deve ter na apresentação é importante responder as perguntas abaixo:

  • Com quem falarei?
  • Qual é o perfil do público que vai participar da apresentação?
  • Que assunto será abordado na apresentação?
  • O que essas pessoas sabem sobre o assunto que será apresentado?
  • Qual é o meu objetivo com a apresentação?
  • Se eu puder fixar uma única mensagem na audiência, que mensagem será essa?
  • De que forma o que eu tenho a oferecer pode beneficiar as pessoas que vão assistir a apresentação?
  • Quanto tempo terei disponível?
  • Quais são os pontos fortes do meu projeto, do meu produto e/ou ideia?
  1. Roteiro:

Coloque no papel todas as ideias, mas, lembre-se: não deixe nada muito longo.

A comunicação deve ser objetiva, curta e simples, assim, a apresentação ganha ritmo e a plateia assimilará as informações com mais facilidade. Há muitos recursos que podem ser usados:

  • Ir direto ao ponto:

Esse recurso deve ser usado para dar mais objetividade a apresentação. Quando o apresentador vai direto ao ponto ele expõe os pontos mais relevantes e a apresentação termina rapidamente.

Humor:

Esse recurso deve ser usado para chamar a atenção dos participantes e, consequentemente, dar um tom leve para o assunto.

  • Tom dramático:

Esse recurso deve ser usado para chamar a atenção dos participantes e, em seguida, o apresentador oferece as soluções e melhorias para o problema.

  • Suspense, entre outros.

A escolha dos recursos é uma decisão sua. O importante é combinar com a tua personalidade e com o conteúdo que será exposto na apresentação. Não esqueça que as informações e as imagens devem combinar com o recurso narrativo que escolher.

Dica: a imagem reforça o conteúdo do slide.

Divisão do conteúdo:

Separe as informações mais importantes e, em seguida, escolha as imagens e as palavras-chave para compor cada slide da apresentação.

  1. Confecção dos slides:

É necessário ter o domínio da ferramenta (Power Point- PPT) para ter liberdade de criação.

Todos os slides devem ter o mesmo estilo visual e para que isto aconteça é importante escolher uma fonte legível, escolher imagens com tons de cores com combinem entre si e, principalmente, que todos os slides estejam em harmonia (imagem e palavras-chave).

O que levar em conta ao criar uma identidade visual?

Levar em conta a personalidade da marca. Como assim? Analise as cores da marca, as cores do site ou do material publicitário que é usado na empresa, assim, terá referências para escolher as imagens, as cores e até a fonte que deve ser usada em cada slide.

Dicas:

  • cada slide deve conter poucas informações;
  • a apresentação deve ter no máximo 60 minutos;
  • é necessário que você defina uma mensagem principal para cada slide.
  1. Treinamento:

É necessário ter o domínio do conteúdo dos slides, ter um passador de slide e saber TUDO que vai fazer em cada slide, assim, fará com que o público não se disperse no momento da sua apresentação.

Treinar antes de apresentar trará alguns benefícios:

  • Diminui a ansiedade;
  • Saberá o tempo da apresentação;
  • Demonstra confiança e a segurança do apresentador.

Lembre-se: a voz é uma importante ferramenta para inspirar e envolver a audiência. Ela deve ser clara, natural e expressiva.

Por fim, incentive a interação das pessoas durante a sua apresentação, dê show, encante, conquiste as pessoas.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.